outubro 09, 2009

Periquito qué.


3 comentários:

Danilo disse...

Que bom... Não tem ferrolho!
Beijos
Missiê

Anônimo disse...

Nasci em Monte Alto, capital do mamão nos anos 50 e 60 ( comprovem no google), sendo que toda casa tinha um pé ( de mamão), e o caipira aprendeu comer o melhor de todos.....
A molecada toda saia na rua e comia mamão que existia em fartura, com um pequeno detalhe, o aprovado para degustaçao( o mamão) era aquele que tinha um furinho de uma bicadinha de passarinho....
O melhor indicador da maturação e quealidade de uma fruta....
Tempos idos....tempos idos....
gorda, gorda.....cultura da caipira é interessante....

graca disse...

olha isso, q lindo....passarinho picou, ta bao! ;-)